Digite o que você está procurando

Parapente - Google Notícias

Translate

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

A atividade de voo livre vem movimentando cidades brasileiras de norte a sul do País

São mais de cinco mil pilotos nacionais amantes da modalidade se deslocando em busca de adrenalina e belas paisagens - e um número crescente de turistas movimentando destinos que recentemente descobriram a vocação para o voo livre.
O grande número de pontos de decolagem, o clima favorável e o fato de ter duas fábricas nacionais de parapentes fazem do Brasil um dos melhores locais do mundo para voar.Um estudo do Ministério do Turismo, em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), de 2010, revela que cerca de 5,4 milhões de pessoas visitam o Brasil em busca de aventura e lazer ao ar livre. Ainda segundo esta pesquisa, o segmento movimenta a economia e pode chegar a oferecer até 18 mil vagas de empregos.
Conheça as rampas do interior!Potencial de Ecosistemas e Esporte de Aventuras. 

fonte:Ministério do Turismo 
Proteja o Meio Ambiente.

Curso de voo livre e Voo duplo de instrução

Voar é uma experiência única, que merece ser vivida! Voar decolando do topo de uma montanha com total estrutura para o voo livre, sem nenhum motor e com ajuda da Natureza. Voar como os pássaros sobre florestas e montanhas. Voar com visuais incríveis de Cachoeiras de Macacu ao som do vento batendo em nossos rostos. Voar para sentir, no fim, a terra novamente tocar nossos pés, com um pouso suave e seguro num gramado liso. Voar é uma mistura de adrenalina, liberdade total e paz - experiência nunca antes vivenciada por quem pratica o voo livre pela primeira vez. Você também pode voar, basta um pouco de coragem e, principalmente, vontade de viver novas sensações.

Ooopa... Segurou no tranco (vídeo)



Ooopa... Segurou no tranco.
Publicado por Dario Cezar Moreira Torres em Segunda, 25 de janeiro de 2016

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

HOMEM EM PARAPENTE GRAVA VÍDEO INCRÍVEL “DANÇANDO” COM A AURORA BOREAL

Difícil encontrar alguém que não se encante com os magníficos fenômenos naturais que, vez ou outra, a mãe Terra nos proporciona. Para encontrá-los, é preciso ter alguma sorte, porque nem sempre é fácil chegar até eles. O piloto de parapente acrobático Horacio Llorens viveu um momento inesquecível ao “dançar” com a aurora boreal nos céus da Noruega.Pode até parecer um sonho, mas isso realmente aconteceu e foi gravado pela Red Bull. O vídeo, narrado pelo atleta, mostra o anoitecer em Tromsø, uma das melhores cidades para se observar o fenômeno celeste. Cortinas de luzes verdes e roxas embelezam ainda mais a paisagem fria, onde Llorens se joga com seu equipamento iluminado.O registro inesquecível faz com que qualquer um queira estar em um lugar tão fascinante. “Há milhares de anos, as populações olhavam para o céu, viam a Aurora Boreal e pensavam que era magia”, disse. Estar no meio de temperaturas abaixo de zero nem parece tão doloroso assim para o espanhol sortudo.

HOMEM EM PARAPENTE GRAVA VÍDEO INCRÍVEL “DANÇANDO” COM A AURORA BOREAL

http://nomadesdigitais.com/homem-em-parapente-grava-video-incrivel-dancando-com-a-aurora-boreal-na-noruega/?origem=hypeness

Difícil encontrar alguém que não se encante com os magníficos fenômenos naturais que, vez ou outra, a mãe Terra nos proporciona. Para encontrá-los, é preciso ter alguma sorte, porque nem sempre é fácil chegar até eles. O piloto de parapente acrobático Horacio Llorens viveu um momento inesquecível ao “dançar” com a aurora boreal nos céus da Noruega.Pode até parecer um sonho, mas isso realmente aconteceu e foi gravado pela Red Bull. O vídeo, narrado pelo atleta, mostra o anoitecer em Tromsø, uma das melhores cidades para se observar o fenômeno celeste. Cortinas de luzes verdes e roxas embelezam ainda mais a paisagem fria, onde Llorens se joga com seu equipamento iluminado.O registro inesquecível faz com que qualquer um queira estar em um lugar tão fascinante. “Há milhares de anos, as populações olhavam para o céu, viam a Aurora Boreal e pensavam que era magia”, disse. Estar no meio de temperaturas abaixo de zero nem parece tão doloroso assim para o espanhol sortudo.