Digite o que você está procurando

Parapente - Google Notícias

Translate

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Copa Ícaro (França) - 2013 - AVLADUC marcando presença

Copa Ícaro. Este é o maior e mais tradicional festival de voo livre do mundo, que acontece há quase 40 anos em Saint Hilaire du Touvet, nos alpes franceses. Em setembro, cerca de 60 mil pessoas do mundo inteiro prestigiam acrobacias de parapentes, paramotores, asa-deltas, planadores, pára-quedas e balões no céu da cidade. O evento é um carnaval aéreo.
 

 
Foto

 Foto
  
 
  

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Avladuc continua avançando em suas parcerias

Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias continua avançando 
e apresenta o seu mais novo parceiro – O G.R.B.C. Esperança de Nova Campinas.
Jurema Gonzaga (Presidente do Esperança de Nova Campinas) e Jaú (Presidente da Avladu
Nos mesmos moldes do último fechamento, o acordo firmado entre as lideranças implica necessariamente num intercâmbio entre as duas entidades com o objetivo de promoção e divulgação do trabalho desenvolvido por ambas as entidades (sem fins lucrativos).
Nem bem começou e a parceria com a agremiação dirigida por Jurema Gonzaga já deu seus primeiros frutos – Numa reunião agendada pela presidente do Esperança, Jurema Gonzaga e Jaú (presidente da Avladuc) foram recepcionados pelo Subsecretário de Governo da Baixada – Carlos Castilho. 
Jaú, Jurema, Carlos Castilho e André Quintanilha
O encontro aconteceu dia 13 de junho na Subsecretaria de Governo da Baixada e participaram da reunião, além do subsecretário Carlos Castilho, Jurema Gonzaga, Jaú e André Quintanilha (assessor do subsecretário) – e o Campinarte - que estava lá para registrar o encontro.
Jaú e Carlos Castilho
O foco central dessa reunião era promover uma apresentação (formal) da Avladuc, através de seu fundador e presidente Jaú a Subsecretaria de Governo da Baixada. O subsecretário Carlos Castilho (para nossa surpresa) confessou não saber da existência da prática de vôo livre em Duque de Caxias, mas deixou claro que está disposto a colaborar (no que for possível) e pediu que a entidade providenciasse o seu calendário de eventos e os projetos para construção de novas rampas para análise, o mais rápido possível, enfatizou o subsecretário.
Jurema Gonzaga e Carlos Castilho
A Avladuc está cogitando para breve a PRIMEIRA MOSTRA DE PARAPENTE DA AVLADUC – evento que contará com o apoio do Campinarte Dicas e Fatos, Onika Paraglider, Esperança de Nova Campinas e Ascom (outros parceiros serão incluídos – falta confirmação).
O evento ainda não tem data marcada, faltam pequenos detalhes e logo, logo, estaremos passando tudo sobre mais essa realização da Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias.


terça-feira, 11 de junho de 2013

Avladuc fecha parceria com Ascom

Carlos Figueiredo - Pres. da ASCOM e Jaú - Pres. da AVLADUC
Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias (Presidente / Jaú) fechou nessa terça-feira (11/06) parceria com Associação Comunitária de Santa Cruz da Serra (Presidente / Carlos Figueiredo). O acordo firmado entre as lideranças implica necessariamente num intercâmbio entre as duas entidades com o objetivo de promoção e divulgação do trabalho desenvolvido por ambas as entidades (sem fins lucrativos).

Aguardem, em breve mais informações.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Brasileiro quer ser o primeiro a voar de parapente do topo do Everest

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O alpinista brasileiro Rodrigo Raineri, de 43 anos, pretende chegar hoje (20) ao cume do Everest, a montanha mais alta do mundo, com mais de 8 mil metros de altura, que fica no Himalaia, entre o Nepal e a China. Ele é um dos montanhistas mais experientes do Brasil. Em 2011, Raineri conseguiu escalar o Everest com sucesso. Na montanha, os alpinistas são testados pela altitude, o frio, o gelo e a falta de oxigênio. O brasileiro quer ser a primeira pessoa na história a fazer um voo solo de parapente no Everest.
Raineri sairá do Acampamento 4 do Everest, a 8 mil metros de altura, em direção ao cume da montanha por volta do meio-dia (horário de Brasília). A previsão é que por volta da meia-noite, ainda no horário brasileiro, ele decole de parapente do topo da montanha e aterrisse cerca de meia hora depois na base, a mais de 5 mil metros.
Ex-professor universitário de engenharia, Raineri mantém na internet uma página sobre seus desafios e também informa os interessados sobre o passo a passo por meio da rede social Facebook.
Nas fotos postadas por ele, o sol brilha na região do Everest, mas o caminho está cercado de gelo e o frio é intenso. O alpinista relata que está acompanhado por uma equipe de três pessoas: Joel Kriger, Carlos Canellas e Carlos Santalena. Em uma das fotos, ele e os três companheiros aparecem abraçados e sorrindo.
A geleira de Khumbu, no caminho para o Everest, após 15 dias, começa a derreter rapidamente. As fotos mostram cada detalhe da expedição: a paisagem, o caminho percorrido, as raras pessoas e casas encontradas no percurso. Profissional, o brasileiro relata ter testado, no último dia 15, todo o equipamento de oxigênio.
“[Hoje, dia 15], além de arrumar tudo e tomar um banho, testamos nossos sistemas de oxigênio! Não podem falhar!!! Em algumas horas, de madrugada, partimos. Levo um localizador por satélite que mostra nosso posicionamento (não funciona tão bem por aqui)”, diz Raineri, em seu site.

Edição: Graça Adjuto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

AVLADUC será reconhecida como entidade de utilidade pública

Jau, fundador e presidente da AVLADUC (Associação de Voo Livre e Amigos de Duque de Caxias), reuniu-se dia 21/01 na Secretaria de Esporte de Duque de Caxias com o secretário Gilberto Silva (à esquerda) e o vereador Wendell Oliveira (à direita) que foi indicado pelo próprio secretário para encaminhar o pedido de certificado de utilidade pública da entidade junto à Câmara Municipal de Duque de Caxias.
O encontro foi proveitoso porque a partir de agora com o encaminhamento desse pedido, a entidade poderá finalmente cumprir todas as formalidades legais.